Fundos de investimento

Investir em fundos significa ter acesso a vários mercados, além de contar com a possibilidade de diversificar suas aplicações e poder usufruir de um gerenciamento profissional de seus investimentos.


Fundos são administrados e geridos por especialistas. Os administradores cuidam dos aspectos jurídicos, legais e operacionais do fundo, enquanto os gestores são responsáveis pela estratégia, montagem da carteira, acompanhamento de mercado e investimento dos recursos.

A grande maioria dos fundos possui alta liquidez. Em geral, fundos de renda fixa ou fundos DI permitem resgates no mesmo dia em que são solicitados (D+0). Fundos multimercado processam resgates em D+1 (ou seja, no dia útil seguinte à solicitação) e fundos de ações creditam o dinheiro na conta do investidor 2 dias úteis após o pedido de resgate (D+2).

Os fundos são classificados em categorias, como renda fixa, ações, multimercados, cambiais etc. Dependendo do tipo de fundo, sua carteira pode conter ações, títulos públicos, títulos cambiais, CDBs, derivativos ou commodities negociadas na BM&FBovespa.

Na Itaú Corretora você pode encontra diversas opções entre fundos do próprio Itaú e também de outros gestores.

O que são fundos de investimento?

O que é o patrimônio de um fundo de investimento?

Quais são as principais vantagens de investir em fundos de investimento?

O que é taxa de administração?

O que é taxa de performance?

Qual é a base de cálculo para a variação do valor das cotas de um fundo?

O que é a carteira de um fundo?

Meu fundo pode apresentar rentabilidade negativa?

Como é a tributação dos fundos de investimento?

Documentos dos fundos de investimento

Portal da Educação Financeira - Como Investir - ANBIMA